O amor é suficiente para manter um relacionamento? Aqui está o que dizem os especialistas

Concordo plenamente com o Dr. Joshua Klapow, para que um relacionamento seja saudável e duradouro, é necessário amor, atenção e coisas práticas como compromisso, flexibilidade e comunicação.

O amor é suficiente para manter um relacionamento? Aqui está o que dizem os especialistas

Quando se trata de relacionamentos, você provavelmente já ouviu o sentimento romântico de que o amor vence tudo. Neste ponto, parece um pouco redundante culpar os filmes da Disney por definir essa expectativa elevada. Mas, o amor é suficiente para manter um relacionamento se os outros aspectos importantes de uma parceria saudável não estiverem presentes? Qualquer um que já tenha terminado com alguém que ainda amava provavelmente diria não. De acordo com o Dr. Joshua Klapow, Ph.D., psicólogo clínico e apresentador do The Kurre and Klapow Show, embora o amor seja um dos elementos mais importantes de um relacionamento satisfatório, esse não é o único fator a ser considerado.

“O amor é o elemento mais poderoso, mas menos definido, de um relacionamento”, disse Klapow ao Elite Daily. “O amor é o combustível e o fogo que tem o potencial de manter uma conexão do relacionamento em chamas, mas o amor é um sentimento. Ele não pode criar todas as habilidades e ações necessárias para manter um relacionamento saudável”. Não importa quanto amor exista em um relacionamento, isso não muda o fato de que a maioria das pessoas tem necessidades adicionais. Se essas necessidades não forem atendidas, o Dr. Klapow explica que é improvável manter um relacionamento.

“Amor sem compatibilidade, amor sem compromisso, amor sem auto-exame e auto-aperfeiçoamento nunca sustentará um relacionamento saudável”, diz o Dr. Klapow. Embora isso possa parecer uma pílula difícil de engolir, a verdade é que mesmo o amor mais forte precisa ser nutrido. É por isso que muitos especialistas enfatizam a importância da compatibilidade como a segunda peça do quebra-cabeça do relacionamento feliz. “Duas pessoas podem ter um grande amor uma pela outra e, ainda assim, ver o mundo de maneira diferente, ter prioridades diferentes e estar em estágios diferentes com relação à autoconsciência, auto-crescimento, maturidade e desenvolvimento”, explica o Dr. Klapow.

Embora o amor seja um sentimento incrível, os elementos mais práticos dos relacionamentos são igualmente importantes para o sucesso de uma parceria a longo prazo. “Se compatibilidade, flexibilidade, compromisso, autoconsciência e percepção emocional não existirem, amar uma pessoa nunca sustentará um relacionamento saudável”, diz o Dr. Klapow. A boa notícia é que, se os dois parceiros estiverem dispostos a se comprometer e a fazer um esforço conjunto, o amor pode ser um começo maravilhoso para um relacionamento duradouro.

Se você está apaixonado por alguém e quer fazer um relacionamento funcionar, mas não é tão compatível quanto gostaria de ser, o Dr. Klapow recomenda visualizar o relacionamento como parte de um todo em três partes. “Em qualquer relacionamento, sempre existem três componentes”, diz o Dr. Klapow. “Pessoa um, pessoa dois e o próprio relacionamento. Todos os três devem ser nutridos, desenvolvidos, trabalhados e evoluídos.” Ser capaz de sustentar os três ao mesmo tempo é essencial para manter a dinâmica saudável entre você e seu parceiro.

“Você nunca pode esperar manter um relacionamento, não importa o quanto ame a outra pessoa, se ambos não estiverem dispostos a fazer o trabalho por si mesmos”, acrescenta o Dr. Klapow. “Você deve abordar seus problemas, seus desafios e suas deficiências. Simultaneamente, seu relacionamento deve ser tratado como uma pessoa. Ele precisa de amor, atenção e coisas práticas como compromisso, flexibilidade e comunicação”. Por fim, os relacionamentos exigem trabalho. Somente você e seu parceiro podem decidir se vale ou não a pena o amor que você tem no esforço extra e no compromisso necessário para manter uma parceria sólida.

Original: https://www.elitedaily.com/p/is-love-enough-to-keep-a-relationship-going-heres-what-experts-say-19213893

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *