A INTERFERÊNCIA DA FAMÍLIA NO RELACIONAMENTO

Upset girl watching her husband and senior mother fighting

Questões sobre a influência dos familiares surgem com frequência em atendimentos psicológicos. Vejo muitas pessoas desistindo do que desejam, repensando suas decisões por conta disso.

A princípio, pode ser que tal influência não gere nenhum problema, apenas um leve desgaste por abrir mão de algo. Mas, depois, a não realização daquilo que se deseja pode tornar-se um eterno arrependimento e até ressentimento.

É notável na clínica com casais como a influência dos familiares acaba sendo tóxica. Duas pessoas diferentes, com educações diferentes, já podem ter dificuldades de convivência. Quando há o envolvimento da família de origem em assuntos que dizem respeito apenas ao casal (educação dos filhos, compra de moradia, forma como se tratam etc.), a saúde da relação pode ser ainda mais comprometida.

OPINIÃO OU IMPOSIÇÃO?

Imagino que você esteja pensando que é importante ouvir a opinião de certas pessoas sobre a sua vida. Sim, elas podem ser escutadas. O problema surge quando essas opiniões se tornam, na sua percepção, regras e ordens; quando você sente que o não cumprimento dessas opiniões traria como consequência a reprovação das pessoas que você preza

Mas, espera um pouco… Em se tratando da sua vida, você acredita que há alguém que saiba o que é melhor para você? Antes de responder, lembre-se de que a pessoa que terá de arcar com as consequências da sua decisão, seja esta irrelevante ou relevante, é você mesmo.

Claro que se a questão diz respeito a um casal, a decisão ou escolha precisa ser realizada conjuntamente, ponderando o que seria melhor para ambos.

Se for difícil tomar as rédeas da sua vida sem a influência dos outros, comece devagar, fazendo isso aos poucos. Se considerar impossível lidar com essa situação, procure ajuda especializada de um psicanalista. Fazer as suas próprias escolhas e ser responsável por elas é primordial para uma vida saudável.

Fonte: http://www.personare.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *