Admitir erros

perdoar

Admitir que cometemos erros não é uma tarefa fácil, mas é fundamental para melhorar o nosso relacionamento com as pessoas e até para manter equilibrada a nossa auto estima.
Lembre que errar é humano e ninguém consegue ser perfeito em todas as situações. Isso não significa que você precisa sair por ai, contando para todas as pessoas que conhece o que tem feito de errado. Mas é importante ser flexível com as próprias falhas, lembrando que em algumas situações esconder ou ficar remoendo o assunto sozinho, pode ser muito pior e até fazer mal para a saúde. Ser mais tolerante com os próprios erros também vai ajudar a ser mais compreensivo em relação as falhas dos outros!
E qual é a relação deste assunto com os relacionamentos amorosos? Tudo! Encontrar o par ideal não significa que a outra pessoa é perfeita. Na verdade será um exercício diário de paciência e compreensão não apenas para lidar com as diferenças da pessoa amada, mas também com os erros que ela comete. E da mesma maneira que dizem que não é possível amar outra pessoa se você não se ama, dificilmente você será tolerante com os erros do outro se não aprender primeiro a ser mais tolerante e menos perfeccionista quando o assunto são os próprios erros!
Erros e acertos dependem de nossas escolhas e não podemos evitar o caminho incorreto sempre. A dica de hoje é pensar muito bem sobre a maneira que você tem percebido as suas falhas.

A dica de hoje é pensar muito bem sobre a maneira como você tem percebido suas falhas e como você tem se comportado com os erros dos outros. Você tem conseguido perdoar e não guardar magoas? Saiba que o perdão cura, fortalece e amadurece o relacionamento, lembre-se “Não é o amor que sustenta um relacionamento é a forma de se relacionar que sustenta o amor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *