Encontros e desencontros

Couple Strolling on BeachJá dizia o poeta Vinicius de Moraes “A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida”.

As histórias de amor famosas e contadas no cinema são sempre emocionantes e complicadas, cheias de encontros, desencontros e reencontros. Porém, a vida real não é coisa de novela, e todos já sabem que os problemas podem estar apenas começando na hora do tão sonhado “sim”. A vida a dois é cheia de desafios e adaptações. O que se quer de um companheiro no começo da vida é diferente do que se busca no fim da vida, o que era emocionante no início do romance, como briguinhas e diferenças de personalidade, aos poucos vão se transformando em problemas complicados e difíceis de serem contornados. A convivência pode passar de um prazer à um desafio constante, onde os parceiros não se sentem à vontade e perdem a possibilidade de se expressarem sem que isso cause grandes transtornos. Atos simples e prazerosos, como ir ao cinema, escolher um programa de televisão ou decidir o destino das férias, se tornam motivo de discussão ou disputa entre os cônjuges.

É por isso que a busca por compatibilidade deve ser o foco de quem deseja encontrar um parceiro para um relacionamento sério. A vida a dois é muito importante para ser deixada nas mãos do acaso. Gostos semelhantes, pontos de vista parecidos e ideais em comum são o que tornam a vida a dois agradável e prazerosa.

Desta forma é que o relacionamento se torna um lugar de confiança e alegria para ambas as partes, um ponto em comum onde homem e mulher podem desenvolver suas habilidades e compartilhar planos e alegrias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *