O que é estelionato sentimental

Você já ouviu falar em estelionato sentimental? É um tipo de crime cada vez mais comum no Brasil, no qual os alvos geralmente são encontrados pelas redes sociais. O golpista busca o envolvimento com a vítima, finge estar apaixonado e, quando ganha total confiança, começa a buscar vantagens financeiras.

O objetivo dos golpista é fazer com que a vítima, geralmente mulher, se apaixone por ele.

Ele faz com que ela acredite que ele está apaixonado e que quer um relacionamento sério e duradouro.

Os golpistas são sempre carinhosos, gentis, atenciosos e disponíveis e tem a capacidade de moldar seu perfil para atender as expectativas e desejos da vítima. Quando ele sente que ela está envolvida sentimentalmente, começa a contar histórias sobre dividas na sua empresa, que está passando por uma fase difícil. Alega que não tem dinheiro para pagar uma divida com um agiota, que não tem dinheiro para pagar o consorcio da caminhonete da empresa e mais um monte de mentiras.

Geralmente ele comenta que tem um cliente que vai paga-lo em breve por algum serviço prestado e que estas dificuldades financeiras logo irão terminar.

A mulher apaixonada se oferece para pagar as dívidas, ele aceita e se fazendo de coitado, promete que ao receber o dinheiro do seu cliente irá quitar todas as dívidas e que ela não precisa se preocupar.

A vitima está tão apaixonada que não percebe que caiu num golpe.

Quando o golpista atinge o objetivo, ele arranja uma desculpa para se afastar da vítima ou simplesmente desaparece.

Quando a mulher o procura para cobrar a dívida. O golpista alega que foi ela quem ofereceu para pagar suas contas, que ele não pediu dinheiro nenhum, portanto não deve nada a ela. Pelo simples fato de terem terminado o relacionamento, agora ela quer cobrar uma dívida que ela ofereceu como se fosse um presente.

A mulher apaixonada não só perdeu o seu dinheiro, como também sua autoestima, por não ter percebido que caiu num golpe.

A vitima deve procurar uma delegacia de policia e fazer um boletim de ocorrência, se possível levando mensagens de texto que trocaram, comprovante de deposito e de pagamento e outras provas. Para que ela aumente a chance de êxito de todos os elementos que tiver em mãos, capazes de ajudar na demonstração de que o parceiro atuou de modo desleal, abusando da confiança da vítima, sempre visando obter vantagem financeira.

A vítima além de pedir em juízo que o golpista pague os valores referente ao empréstimo, pode pedir uma indenização por danos morais, por ter sido enganada por um sujeito sem escrúpulos que se aproveita, intencionalmente de uma mulher, que ficou frustrada e envergonhada por cair em um golpe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *