O Comportamento Masculino mudou nos últimos 20 anos

comportamento-homens-tarefas-domesticas-sheila-rigler

Na segunda-feira, escrevi sobre uma pesquisa que foi divulgada pela Universidade de Michigan sobre a desigualdade de gênero na divisão de tarefas. A universidade fez uso de uma base de dados sobre as dinâmicas que o Institute for Social Research vinha compilado desde 1968. A ideia era realizar uma pesquisa atual para ver como a divisão de tarefas havia mudado ao longo das décadas.

Quando ambos os conjugues trabalham, nos dias atuais, o estudo mostrou que a mulher trabalham nos dias atuais, o estudo mostrou que a mulher trabalha 7 horas a mais por semana que o marido, porém em 1976 a média de horas semanais que as mulheres se dedicavam eram de 26 horas, enquanto os homens em torno de 6 Horas.

Na Agência de Relacionamento Par Ideal, dá para perceber bem está mudança no comportamento masculino. Há 21 anos, quando abri a minha empresa, os homens não demostravam muito interesse em ajudar nas atividades domésticas e em participar ativamente na educação dos filhos.

Hoje, percebo que os homens tem disposição para dividir tarefas do lar com sua esposa, bem como compartilhar dos cuidados e da educação dos filhos. Dos clientes cadastrados na Par Ideal 93,7% garantem que ajudariam nas tarefas domésticas. Os menores índices de aceitação estão entre os homens mais velhos, principalmente com mais de 60 anos. Na pesquisa realizada na Universidade de Michigan, também foi comprovado que os homens com mais de 60 anos, são os que menos ajudam e as mulheres nesta faixa etária chagam a trabalhar 28 horas semanais.

Se antigamente, a responsabilidade e cuidados com o lar e educação dos filhos eram visto pelos homens como um fardo, hoje, eles se preocupam mais com a educação dos filhos, além de ajudar nas tarefas da casa e a cozinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *