SEGUNDO ESTUDO, TER MARIDO SIGNIFICA TER 7 HORAS A MAIS DE TRABALHO!

MARIDO-7-HORAS-A-MAIS-DE-TRABALHO

Pesquisadores da Universidade de Michigan realizaram um estudo com o intuito de verificar a verdade sobre as divisões das responsabilidades do trabalho domestico. Ter ou não ter marido foi o Título usado para avaliar as desigualdades de gênero que ainda existem na grande maioria das famílias.

Os resultados coletados e divulgados agora em setembro mostraram que a mulher continua sendo a responsável por grande parte das tarefas domesticas.

de ver se existe quiseram analisar através de um estudo.

Os resultados são claros e contundentes: atualmente a mulher segue sendo a responsável por grande parte das tarefas domésticas.

A Universidade de Michigan fez uso de uma base de dados sobre as dinâmicas familiares que o Institute for Social Research vinha compilando desde 1968.

A ideia era realizar uma pesquisa atual para ver como a divisão das tarefas domésticas havia mudado ao longo das décadas.

Apesar dos tempos estarem mudando em seu próprio ritmo, despertando assim novas consciências e mudanças legais que permitem conciliar a vida profissional com a familiar, são os homens os que seguem trazendo ao lar os salários mais elevados. A desigualdade na divisão das tarefas continua existindo, quando ambos os cônjuges trabalham. As mulheres dedicam mais horas de trabalho por semana para a casa e os filhos, o que gira em média de 7 horas a mais, do que seu companheiro ou marido.

Desigualdade nas tarefas de cuidado de pessoas dependentes foi um dado dos mais relevantes. Um casal pode, sem dúvida, repartir perfeitamente as tarefas de cuidado e criação dos menores.

No entanto, no que se refere à atenção a pessoas dependentes, sejam idosos ou outros familiares com grandes limitações físicas, a responsabilidade recai sobre a mulher.
cada família tem a sua própria dinâmica e o importante é que o casal chegue a um consenso.

Mudar a consciência e educar em igualdade, devemos ensinemos às crianças desde bem cedo que todos somos uma grande equipe, que homens e mulheres têm os mesmos direitos, que todos somos pessoas com necessidades e obrigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *