ATITUDE POSITIVA – VOCÊ JÁ TENTOU ISSO HOJE?

1483564_482969585147596_820611961_o

As emoções positivas – como a alegria, gratidão, contentamento e inspiração e – não são apenas ótimas de tempos em tempos. Uma pesquisa recente mostra que vivê-las regularmente cria uma “espiral ascendente” que ajuda a construir e a fortalecer os nossos recursos naturais de bem-estar. Assim, embora precisemos ser realistas sobre os altos e baixos da vida, é MUITO IMPORTANTE, também, nos concentramos nos aspectos positivos de qualquer situação – o tal do copo meio cheio, em vez do copo meio vazio.

As emoções positivas que ampliam e constroem

Nossas emoções afetam o nosso bem-estar longo prazo. Pesquisas mostram que experimentar uma proporção de 3 emoções negativas para 1 de emoção negativa leva a um ponto de inflexão a partir do qual nós nos tornamos, naturalmente, mais resistentes às adversidades e mais capazes de conseguir as coisas. Durante muito tempo, o objetivo das emoções positivas tem sido um enigma. Embora esses sentimentos fossem agradáveis de ter, eles não pareciam ser vitais para a nossa sobrevivência como espécie. As emoções negativas, por outro lado, foram essenciais – nos ajudando a enfrentar a ameaça ao desencadear a nossa resposta de “lutar ou fugir.”

Quando percebemos que existe um bando de animais ferozes nos perseguindo nós sentimos medo, o que faz com que mudanças ULTRA rápidas ocorram em nossos corpos e cérebros. Nosso foco de atenção instintivamente se estreita para a fonte de perigo e rotas de fuga, e nos leva a respostas imediatas e específicas – neste caso, algo como “saiam da frenteeeee!!”

Mas, também, é provado que as emoções positivas têm o efeito de ampliar as nossas percepções, da mesma maneira que as emoções negativas as restringem. Este alargamento nos ajuda a enxergar mais, a responder de forma mais flexível e de novas maneiras e, também, a ser mais criativo. Nos torna mais abertos a ideias diferentes ou experiências e nos sentimos mais próximos e mais confiante com os outros.

E não para por aí! O fato de nos sentirmos bem a curto prazo também pode nos ajudar a nos sentir bem a longo prazo. As novas experiências e a maior abertura que resultam das emoções positivas podem levar a mudanças duradouras em nossas vidas.

Vamos olhar alguns exemplos simples:

  • Um sentimento de interesse em algo que lemos pode nos levar a aprender mais sobre um assunto, levando a um hobby gratificante ou mesmo ao trabalho de uma vida gratificante.
  • Descobrir interesses em comum com outras pessoas pode fazer com que nos tornemos amigos próximos ou até mesmo parceiros.
  • Sentir a alegria de ver belas árvores e paisagens no parque pode nos colocar em um estado de espírito positivo e nos tornar mais entusiasmados com as oportunidades que surgem em nosso caminho.

 

Assim, ao longo do tempo, as emoções positivas nos ajudam a construir os recursos que levam a uma vida mais feliz: amigos, conhecimento, saúde, amor, compaixão. Além do mais, elas podem atuar como um amortecedor contra o estresse e nos ajudar a lidar com as dificuldades que surgirem pelo caminho. Existem evidências, também, de que as emoções positivas podem ajudar a nos recuperar mais rapidamente dos efeitos das emoções negativas, ou até mesmo anulá-los.

E então, vamos tentar?

Fonte: AssimComoaFenix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *