A origem do Dia dos Pais

355397

O primeiro registro do Dia dos Pais tem 4 mil anos, e foi encontrado na região da antiga Babilônia. Era um cartão feito de argila e tinha os registros de uma pessoa que desejava ao seu pai sorte, saúde e vida longa.

Atualmente cada país tem uma data e maneira particular para comemorar o Dia dos Pais. Vou aproveitar a oportunidade então para compartilhar algumas curiosidades com vocês.

Alemanha – não existe um comemoração oficial. Os pais alemães comemoram seu dia na data que Jesus Cristo ressuscitou. Eles costumam sair às ruas para andar de bicicleta e fazer piquenique.

Argentina – a celebração é semelhante a realizada no Brasil, com presentes e reuniões de família. O que muda é data, pois lá a comemoração é realizada no terceiro domingo de junho.

Canadá – é basicamente uma data comercial, na qual as reuniões de família não são tradição.

Reino Unido – a data não é marcada por muitas festividades e os filhos costumam entregar cartões para os pais, no lugar de presentes.

Rússia – Não existe uma comemoração denominada de Dia dos Pais e a data mais próxima deste conceito é o Dia do Defensor da Pátria” (Den Zaschitnika Otetchestva), no dia 23 de fevereiro.

A criação desta comemoração no Brasil é atribuída ao publicitário Sylvio Bhering. Os registros sobre o assunto mostram que a primeira celebração foi realizada no dia 14 de Agosto de 1953, dia de São Joaquim, que é considerado o patriarca da família.

Apesar de ter sido importada por um publicitário a data não surgiu apenas como uma data comercial para incentivar as vendas. Na verdade o Dia dos Pais é uma homenagem a presença dos pais na vida dos filhos, uma data especial para reunir a família.

A comemoração é realizada no segundo domingo de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *