A tecnologia pode atrapalhar seu romance.

Tecnologia atrapalha o amor

A tecnologia pode ser uma aliada quando buscamos nos reaproximar de pessoas que estão distantes, mas também pode gerar a separação de muitos casais se utilizada de maneira inadequada.

A verdade é que com tantos aplicativos disponíveis, muitos homens e mulheres simplesmente não conseguem dedicar atenção à vida real e ficam conectados o tempo inteiro.

Uma pesquisa realizada pela revista americana Time em oito países tentou identificar o que as pessoas sentem especificamente em relação ao uso do celular. O estudo revelou que no Brasil 45% dos brasileiros acham que o celular atrapalha a relação do casal. É um número alto, principalmente se compararmos com outros locais, como os Estados Unidos, por exemplo, em que apenas 20% dos entrevistados consideram o celular prejudicial.

Ainda no relacionamento, muitas pessoas acreditam que o tempo excessivo que o parceiro dedica a ligações, mensagens ou mesmo as redes sociais no celular pode estar relacionada à infidelidade. No Brasil 21% dos entrevistados declarou que nunca planejou uma traição por celular, enquanto na China foram 56%. Mas não é possível saber quantos disseram a verdade sobre este comportamento.

Independente dos resultados é bom aproveitar o assunto para avaliar como você está se comportando com o seu par ideal. Não é necessário realizar nenhuma mudança radical, mas aproveitar o tempo ao lado da pessoa amada sem a interferência constante do telefone é fundamental para evitar o desgaste da relação.

Quer algumas dicas?

– Jantares românticos ou mesmo no dia a dia não devem ser acompanhados sempre pelo celular.

– O tempo de folga deve ser aproveitado para descansar e se possível fazer algumas atividades diferenciadas com o par ideal. Evite ficar conectado 24 horas por dia;

– Não responda mensagens no celular enquanto conversa com outra pessoa, dedique atenção para quem está na sua frente;

– Determine limites para o tempo que fica preocupado com as ligações e mensagens que recebe pelo celular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *