FIM VIRTUAL

fim virtual

Vivemos uma realidade na qual o imediatismo prevalece. Nesse contexto, a revolução digital mudou o modo como as pessoas se relacionam.

Uma pesquisa feita pela fabricante de softwares de segurança para computadores AVG Technologies que entrevistou quatro mil mulheres nos Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha e Brasil, para analisar o comportamento online da ala feminina confirmou que mais de 50% delas terminaram ou não veem problemas em terminar relacionamentos amorosos via smartphone devido à nova postura ultraconectada do comportamento digital das mulheres.

O estudo indicou que os dispositivos móveis têm desempenhado papel importante nos relacionamentos amorosos e o “rompimento digital” tem se popularizado. O telefone é uma opção para o término para 58% das brasileiras, dentre os outros países, o percentual fica em 55%. Já 28% consideram utilizar mensagem de texto. As brasileiras também são as que mais tendem a romper utilizando Facebook (18%). Bisbilhotar as mensagens de texto do parceiro também é comum: 54% das mulheres brasileiras admitiram ler os SMS e/ou e-mails dos maridos ou namorados, enquanto apenas 18% das francesas leem e-mails e/ou SMS dos parceiros.

A fase da conquista também está sendo afetada pela conectividade: 33% das brasileiras afirmaram fazer buscas em redes sociais sobre o potencial parceiro antes de agendar encontro e 61% declararam já terem cancelado encontros após encontrarem conteúdos comprometedores sobre a pessoa.

E você, já terminou um relacionamento amoroso de forma virtual?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *