Tradições de Casamento: Buquê, Alianças, o Bolo e o Lançamento do Arroz.

buquesdenoiva

Ramo da noiva – Buquê

O buquê da noiva tem origem medieval. Nesta época, as mulheres levavam ervas aromáticas para afugentar os maus espíritos. Pouco a pouco, o ramo da noiva tornou-se um hábito em todos os casamentos e, com a passagem do tempo, acrescentaram-se significados às diferentes flores.

A Aliança

Aliança, é um anel, usado para simbolizar um compromisso e a união afetiva entre duas pessoas, em noivados e cerimônias de casamento, aliança, surgiu entre os gregos e os romanos. Os Gregos, após a celebração do casamento, utilizavam anéis de ímã no dedo anelar da mão esquerda, acreditando que por esse dedo passa uma veia que vai direta ao coração. Mais tarde, os Romanos adotaram também esse costume, que se manteve até aos dias de hoje.

Bolo de Casamento

A história do bolo de casamento vem desde a época dos romanos. Eles faziam um bolo de trigo que era esfarelado na cabeça da noiva com a intenção de lhe trazer fertilidade e boa sorte.

Cortar o bolo no casamento, nos dias atuais,  significa partilhar o futuro, por isso os noivos cortam a primeira fatia juntos.

Lançamento do arroz

Tem origem asiática, onde o arroz é sinônimo de prosperidade. A tradição de atirar grãos de arroz sobre os noivos, após a cerimônia nupcial, teve origem na China, onde um Mandarim quis mostrar a sua riqueza, fazendo com que o casamento da sua filha se realizasse sob uma “chuva” de arroz. Hoje atiramos arroz aos noivos à saída da igreja como sinônimo de fertilidade, felicidade e prosperidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *