Mulheres no mercado de trabalho

portrait of a female executiveNesta semana em que tantos falam sobre as conquistas femininas, é válido falar mais uma vez sobre um problema que ainda não foi solucionado: a diferença salarial entre homens e mulheres.

Segundo dados do IBGE, de 2013, quanto mais elevado o grau de escolaridade das mulheres no mercado de trabalho, maior a diferença salarial em comparação com os homens.

A partir dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD 2013) o rendimento das mulheres é equivalente a 77,1% do rendimento dos homens e no grupo de mulheres com 12 anos ou mais de estudo, o rendimento feminino cai para 60% da renda masculina.

Não é novidade que hoje elas já são maioria nas escolas, nas universidades e estão ocupando cargos que eram exclusivamente masculinos. A boa notícia então, é que as mulheres têm conquistado mais cargos de liderança nos últimos anos. Esta é com certeza mais uma grande conquista feminina. É uma prova de que a competência daquelas que já foram chamadas de “sexo frágil”, tem alcançado reconhecimento, mesmo que em muitas empresas elas ainda precisem trabalhar duas vezes mais do que um homem para provar seu valor e capacidade.

Apesar das dificuldades, é hora de comemorar pois finalmente o mercado está aberto e disposto a apostar no talento feminino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *